Amy Winehouse é detida por suposta agressão a duas pessoas

Londres, 25 abr (EFE) - A cantora britânica Amy Winehouse foi detida hoje por uma suposta agressão, informou hoje a Scotland Yard.

EFE |

Amy, de 24 anos, foi detida após comparecer voluntariamente em uma delegacia de Londres para depor sobre um incidente ocorrido na madrugada de quarta-feira, no qual, segundo a imprensa, a cantora teria agredido dois homens, um deles com uma cabeçada.

A jovem, que nos últimos tempos teve problemas com o álcool e as drogas, está sob custódia, assinalou um porta-voz da Polícia.

A cantora foi recebida por vários fotógrafos quando apareceu na delegacia do centro de Londres - vestida com camisa amarela e saia cinza - para ser interrogada sobre o fato supostamente ocorrido no bairro de Camden.

O jornal "Evening Standard" publicou hoje que na quarta-feira a cantora foi expulsa de um bar desse bairro do norte de Londres pelos seguranças.

Amy não é a única com problemas na família, já que seu marido, Blake Fielder-Civil, de 25 anos, compareceu hoje perante um tribunal londrino acusado de lesões ao dono de um pub e de tentar obstruir a ação da justiça.

Fielder-Civil deverá permanecer em prisão preventiva até 2 de junho, quando começará o julgamento.

A cantora, com uma fortuna estimada em 10 milhões de libras (US$ 19,8 milhões) e de cujo segundo álbum, "Back to Black", já vendeu quatro milhões de cópias, ficou em 10º lugar da lista de Jovens Milionários da Música, que será publicada no domingo pelo "The Sunday Times". EFE jm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG