Amy Winehouse é condenada por agressão

A cantora britânica Amy Winehouse foi condenada a dois anos de prisão em liberdade condicional por ter agredido o gerente de um teatro durante uma apresentação no Natal de 2009. Winehouse atacou Richard Pound, de 27 anos, depois de ter atrapalhado a apresentação da pantomima Cinderela, no teatro Milton Keynes, em Buckinghamshire, no mês passado.

BBC Brasil |

A cantora, de 26 anos, se declarou culpada da acusação de agressão no tribunal da cidade de Milton Keynes (cerca de 70 km a noroeste de Londres).

Ela responderá à sentença em liberdade, desde que não cometa nenhum outro crime.

Winehouse, que foi tratada no tribunal por seu nome de casada, Amy Civil, também deverá pagar £100 (R$ 290) de indenização a Pound.

Álcool
"O senhor Pound é uma pessoa cujo trabalho envolve a interação com o público. Se ele é agredido, merece a proteção do tribunal", disse o juiz Peter Crabtree.

"Nesse caso, é óbvio que o álcool teve seu papel", afirmou.

A cantora - que tem um histórico de problemas pessoais, incluindo o abuso de drogas - ganhou cinco prêmios Grammy em 2008, e seu álbum Back to Black, de 2006, vendeu mais de dez milhões de cópias.

A cantora sentou em silêncio durante a leitura da sentença, vestindo uma saia escura curta e uma camisa branca, e com seu famoso topete.

Ela foi presa no dia 23 de dezembro depois de comparecer voluntariamente à delegacia após o incidente, no dia 19 de dezembro.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG