Amy Winehouse deixa delegacia em Londres

A cantora pop britânica Amy Winehouse deixou neste sábado a delegacia de Holborn, no centro de Londres, após passar a noite em uma cela. A polícia confirmou que a cantora recebeu uma advertência por ter atacado um homem na madrugada de quarta-feira, no norte de Londres.

BBC Brasil |

Amy Winehouse, de 24 anos, foi interrogada pela polícia depois de ter comparecido à delegacia voluntariamente.

Um porta-voz da cantora disse em um comunicado: "Amy Winehouse foi interrogada nesta manhã em uma delegacia de polícia em Londres, em conexão com um incidente em Camdem na madrugada do dia 23 de abril de 2008".

"Ela admitiu o ataque por ter estapeado um homem com a mão aberta e aceitou a advertência."
"Amy foi extremamente cooperativa com a interrogação e se desculpou pelo incidente. Ela agradeceu a polícia por seu profissionalismo ao lidar com o assunto. Não será tomada mais nenhuma ação."
"Amy está ansiosa para continuar seu trabalho nas novas músicas em estúdio."
A advertência significa que a cantora não foi indiciada, mas que o incidente vai permanecer nos registros e poderá contar negativamente se ela for acusada no futuro por uma ofensa similar.

Um homem de 38 anos disse à polícia que foi atacado por uma mulher na área de Chalk Farm, norte de Londres, no distrito de Camdem.

A polícia disse que na sexta-feira, Amy "não estava em condições" de ser interrogada quando chegou à delegacia, e que ela foi mantida em uma cela durante a noite.

Também na sexta-feira, o marido da cantora, Blake Fielder-Civil, compareceu a um tribunal no leste de Londres, onde foi estabelecida uma data provisória para o início do processo em que é acusado de ataque e conspiração para obstruir o trabalho da Justiça.

Fielder-Civil, de 25 anos, que se casou com Amy Winehouse em maio passado, nega as alegações e deve enfrentar julgamento no dia 2 de junho.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG