Amy Winehouse decide não apelar da multa por posse de drogas na Noruega

A cantora britânica Amy Winehouse desistiu de apelar da multa imposta a ela na Noruega por posse de drogas, informou o promotor encarregado do caso.

AFP |

"Liguei para seu advogado e ele nos disse que havia retirado o recurso. Isso significa que o caso será arquivado", declarou AFP o promotor Rudolf Christoffersen.

Antes de anular seu recurso, Amy Winehouse deve comparecer ante um tribunal na Noruega e estar presente em seu julgamento na próxima segunda-feira.

A decisão da cantora se soma à ampla lista de antecedentes penais e aceitar uma multa na Noruega equivaleria a uma confissão de culpa, o que dificultaria uma futra obtenção de visto.

O atraso na entrega de um visto para os Estados Unidos foi o motivo anunciado para explicar sua ausência nos Grammy Awards, em fevereiro.

A cantora de 25 anos, seu marido Blake Fielder-Civil e seu cabelereiro foram presos em outubro de 2007 em um hotel de Bergen na posse de 7 gramas de maconha.

map/ca/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG