Amplo estudo genético das aves reescreve a história de sua evolução

Um estudo genético analisando as 169 principais espécies de aves traz uma nova perspectiva sobre a história de sua evolução, revelou um trabalho publicado nos Estados Unidos.

AFP |

Os resultados da pesquisa filogenética (formação, evolução e desenvolvimento das espécies vivas) são tão amplos que dezenas de aves precisarão ter o nome científico modificado. Além disso, estudos referenciais no campo da biologia também deverão ser revisados e atualizados de acordo com essas descobertas, ressaltam os autores da análise, publicada na edição desta sexta-feira da revista Science.

"Com este estudo, aprendemos que as aparências enganam, pois aves que se parecem e apresentam comportamentos semelhantes não necessariamente pertencem à mesma espécie", explicou Sushma Reddy, cientista do Museu Field de História Natural de Chicago (Illinois, norte dos EUA), um dos principais autores.

Nesse sentido, "a pesquisa também demonstra que a classificação e a teoria convencional sobre o parentesco na evolução das aves é falsa", acrescentou.

O projeto, batizado de "Tree-of-Life Research Project" e iniciado há cinco anos, examinou o DNA das principais espécies de aves vivas.

"Nosso estudo e a nova compreensão da evolução das aves foi possível graças aos avanços tecnológicos dos últimos anos, que nos permitiram coletar amostras de trechos maiores dos genomas", afirmou por sua vez Shannon Hackett, conservador associado de ornitologia do Museu Field e um dos três autores.

js/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG