Amorim viaja à Argentina para discutir impasse comercial

Brasília, 4 fev (EFE).- O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, viajou hoje a Buenos Aires para uma rodada de negociações comerciais com a Argentina e afirmou que, embora alguns problemas já tenham sido superados, ainda existem obstáculos na relação bilateral.

EFE |

Segundo Amorim, "a situação está mais calma", apesar de continuar vigorando a aplicação de barreiras não automáticas sobre alguns produtos brasileiros exportados à Argentina.

O chanceler viajou acompanhado dos ministros do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Miguel Jorge, e da Fazenda, Guido Mantega.

Amorim disse que as exportações afetadas por essas barreiras "foram liberadas mais rapidamente" pelas autoridades argentinas, mas apontou que "o ideal" seria que não houvesse tais restrições.

O ministro também destacou que o comércio bilateral com a Argentina melhorou no início de 2010 e que a troca em janeiro aumentou 40% em relação ao primeiro mês do ano passado - então sob influência da crise financeira global.

"Vamos conversar e ver como melhoramos", apontou o ministro, que hoje se reunirá em Buenos Aires com o chanceler argentino, Jorge Taiana, e será recebido pela presidente Cristina Kirchner.

As reuniões entre representantes brasileiros e argentinos também servirão para preparar uma visita que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva deve fazer a Buenos Aires, em março próximo. EFE ed/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG