Amorim se reunirá com ministro do Irã para discutir tema nuclear

Davos (Suíça), 28 jan (EFE).- O ministro das Relações Exteriores brasileiro, Celso Amorim, se reunirá hoje com seu colega do Irã, Manouchehr Mottaki, e tentará avançar em uma solução para resolver a disputa em torno do programa nuclear iraniano.

EFE |

"Vamos falar do tema nuclear, nos interessa. O Brasil é um país sem armas nucleares e com uma Constituição que as proíbe, mas estamos muito interessados em poder resolver esse assunto através do diálogo", afirmou Amorim, em uma conversa com jornalistas no Fórum Econômico Mundial, em Davos.

"Nós achamos que o assunto nuclear deve ser resolvido através do diálogo, não através de ameaças, as sanções não funcionam nestes casos. Temos que manter o diálogo para tentar resolver o problema e falar, ao mesmo tempo, com outros países, como a Turquia", disse.

O chanceler lembrou que o próprio líder americano, Barack Obama, pediu ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que o ajudasse a resolver a disputa em torno do programa nuclear iraniano.

"O Brasil trabalha nisso. De fato, está prevista uma visita do presidente Lula ao Irã em maio".

Amorim não deu mais detalhes, nem quis aprofundar sobre nenhum aspecto da negociação, após argumentar que esteve ocupado com as consequências do terremoto no Haiti.

"Nas últimas semanas, estive concentrado no Haiti, cujo terremoto significou o equivalente a várias armas nucleares", disse o chanceler. EFE mh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG