Amorim representará Lula em cerimônia de prêmio em Davos

Davos (Suíça), 28 jan (EFE).- A cerimônia de entrega do prêmio ao Estadista Global, com o qual o Fórum Econômico Mundial queria homenagear o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, será mantida e o encarregado de receber o prêmio será o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim.

EFE |

Assim confirmou à Agencia Efe a porta-voz do Fórum, Fon Mathuros, que explicou que, após horas de discussões, foi decidido manter a sessão, apesar da ausência de Lula, que teve que permanecer no Brasil por ordens médicas, após sofrer uma crise de hipertensão.

Representando o Brasil no Fórum, estão, além de Amorim, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, e o presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, mas os organizadores do evento decidiram que fosse o primeiro que aceitasse o prêmio em nome do presidente.

Ainda não se sabe se Amorim fará um discurso próprio ou lerá a mensagem que Lula tinha preparada para oferecer antes de receber o prêmio. EFE mh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG