(corrige data no título). Quito, 22 ago (EFE).- O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, e seu colega do Equador, Fander Falconí, conversarão sobre comércio, integração regional e cooperação na reunião marcada para esta segunda-feira em Brasília, informou hoje a Chancelaria equatoriana.

No encontro, que será realizado no Palácio do Itamaraty, os ministros discutirão temas de "interesse bilateral" em matéria política, diplomática, econômica e de cooperação.

Desse modo, as duas delegações tratarão de estabelecer uma agenda conjunta para fortalecer a integração latino-americana e a relação entre os dois países.

"No campo econômico serão abordados aspectos relativos aos mecanismos de diálogo sobre investimentos e ao potencial aumento da relação comercial, principalmente, baseado na capacidade equatoriana de exportar novos produtos", diz o comunicado oficial do Equador.

A agenda estratégica de cooperação também compreende assuntos como biotecnologia, pesquisa, transporte e planejamento, entre outros.

Depois da reunião, Amorim e Falconí devem oferecer uma entrevista coletiva para falar sobre os resultados obtidos.

O chanceler equatoriano voltará para Quito ainda na segunda-feira, à noite.

A visita de Falconí a Brasília ocorre quatro dias antes da reunião presidencial extraordinária da União de Nações Sul-americanas (Unasul), que acontecerá na cidade argentina de Bariloche, na sexta-feira.

Nessa reunião, os líderes sul-americanos analisarão o acordo militar entre Estados Unidos e Colômbia, que permitirá o uso por parte de tropas americanas de pelo menos sete bases militares da nação andina e que causou preocupação em vários Governos da região, especialmente no Equador, Venezuela e Bolívia. EFE ic/bba

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.