Amorim espera que decisões do G20 levem a sistema mais organizado

Atenas, 3 abr (EFE).- O chanceler Celso Amorim declarou hoje em Atenas que para enfrentar a crise econômica de forma sustentável é necessário um sistema melhor regulado entre os países que integram diferentes foros financeiros.

EFE |

"As decisões de ontem na reunião em Londres se referem também ao futuro, porque será necessário um sistema melhor organizado, já que muitos países participam de foros econômicos variados, como China, Índia e Brasil", disse o ministro das Relações Exteriores.

Amorim falou com a imprensa após se reunir em Atenas com a chanceler grega, Dora Bakoyani, um dia depois de a Cúpula do Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ricos e os principais emergentes) acordar medidas extraordinárias para superar a grave crise econômica mundial.

Para Amorim, é essencial conseguir uma melhor regulação futura dos mercados, além da injeção de capital na economia.

"Também foi decidido sobre a crise atual, já que são necessárias medidas de apoio com a ajuda do Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional, para o comércio, para o setor financeiro e para garantir a demanda", lembrou.

Amorim, que em Atenas foi recebido também pelo presidente Carolos Papoulias e pelo primeiro-ministro Costas Caramanlis, fez um convite à chanceler local para que visite oficialmente o Brasil.

O comércio bilateral alcançou no ano passado US$ 400 milhões e a balança se inclina a favor do Brasil. EFE afb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG