Amorim defende investimentos entre Brasil e Tunísia

Tunísia, 2 set (EFE).- O ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, defendeu hoje durante sua visita oficial à Tunísia o incentivo aos investimentos entre o Brasil e o país africano e a promoção das relações bilaterais.

EFE |

Em entrevista coletiva, Amorim insistiu na necessidade de aumentar o fluxo de visitas entre representantes dos Governos e de empresários de ambos aos países.

O ministro lembrou que o Brasil, como um dos maiores produtores agrícolas do mundo, tem interesse em comprar fosfato da Tunísia, já que o mineral é muito usado em fertilizantes.

Em outros terrenos de cooperação, Amorim destacou a possibilidade de cooperação no setor de aviação e anunciou que uma companhia tunisiana de produção de cabos elétricos vai se estabelecer no Brasil nas próximas semanas.

Amorim hoje de manhã a Túnis e se reuniu com membros do alto escalão do Governo do país, com os quais conversou sobre o reforço nas relações bilaterais.

Depois de ser recebido pelo primeiro-ministro tunisiano, Mohammed Ghannouchi, o chanceler disse que o encontro permitiu passar em revista as relações bilaterais em todos os campos e especialmente nos setores de turismo, cultura e comércio.

Amorim também destacou o possível estabelecimento de uma cooperação bilateral militar, notavelmente no âmbito da formação, após um encontro com o ministro da Defesa tunisiano, Kamel Morjane.

Além disso, chefe da diplomacia brasileira falou durante suas reuniões sobre os preparativos para a reunião de uma comissão mista em outubro.

Após sua passagem pela Tunísia, Amorim segue rumo à Índia. EFE ma-sk/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG