Amorim convoca embaixador suíço após ataque a brasileira em Zurique

Brasília, 13 fev (EFE).- O ministro das Relações Exteriores Celso Amorim convocou hoje o embaixador da Suíça no Brasil, Wilhelm Meier, em razão do ataque racista sofrido por uma brasileira que vive em Zurique, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

Segundo porta-vozes da Chancelaria, a intenção é conversar sobre o ataque à advogada Paula Oliveira, que foi agredida e marcada com objetos cortantes nos arredores de uma estação de trem em Zurique.

Três neonazistas com suásticas tatuadas nos braços teriam usado facas para marcar todo o corpo da brasileira, de 26 anos e que estava grávida, com as iniciais SVP, que de acordo com a imprensa local correspondem ao Partido Popular Suíço, um dos integrantes da atual coalizão de Governo suíça.

Paula Oliveira acabou perdendo os gêmeos que esperava em razão do ataque que sofreu em Zurique.

Tanto a advogada como sua família estão convencidos de que o ataque teve conotações racistas, especialmente porque ocorreu no momento em que ela conversas em português com sua mãe pelo celular.

O Ministério das Relações Exteriores, que ainda não divulgou quando acontecerá a reunião entre Amorim e Meier, disse que o consulado do Brasil em Zurique exigirá às autoridades suíças "rigor" na investigação do caso. EFE ed/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG