Amorim confirma Zelaya na embaixada do Brasil em Honduras

NOVA YORK (Reuters) - O Brasil espera que a volta do presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, a Tegucigalpa representará um novo estágio nas negociações com o governo interino do país, disse o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Celso Amorim, nesta segunda-feira. Falando a repórteres em Nova York, Amorim confirmou que Zelaya se refugiou na embaixada brasileira em Tegucigalpa com sua esposa. Ele disse ter conversado diretamente com Zelaya por telefone.

Reuters |

(Reportagem de Pedro da Costa)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG