Americanos querem viajar livremente a Cuba

Um total de 70% dos americanos são favoráveis ao fim das restrições à população em geral para viajar a Cuba, e 59% acreditam que chegou o momento de tentar uma nova política com o regime castrista, segundo uma pesquisa divulgada nesta quarta-feira.

AFP |

Tanto os eleitores republicanos (62%) como democratas (77%) e independentes (66%) querem viajar sem restrições à ilha caribenha, mostra a pesquisa do WorldPublicOpinion.org.

No total, 59% dos americanos entrevistados responderam de modo afirmativo ao serem questionados se é o momento de tentar uma nova política com Cuba".

Já 39% se mostraram partidários da manutenção da política atual, já que Partido Comunista continua controlando a ilha.

A pesquisa foi realizada entre 25 de março e 6 de abril, antes do presidente Barack Obama ter anunciado, no dia 13, o fim das restrições de viagem e de envio de remessas para os 1,5 milhão de cubano-americanos, em vigor quase sem interrupção desde 1962.

Os entrevistados acreditam que aumentar o comércio e as viagens entre Estados Unidos e Cuba levará a ilha para uma direção mais aberta e democrática (71%), ao invés de fortalecer o regime comunista (26%).

No entanto, os americanos se mostram divididos (49% contra, 48% a favor) sobre se o embargo comercial deve ser eliminado no momento.

jz/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG