Americanos ainda culpam Bush pela crise, diz pesquisa

Washington, 12 fev (EFE).- Apesar de já estar fora da Presidência há mais de um ano, George W.

EFE |

Bush ainda é apontado pelos americanos como o grande culpado pela crise nos Estados Unidos, segundo uma pesquisa divulgada hoje.

A pesquisa corrobora a queda de popularidade de Obama, que conta na atualidade com 46% de aprovação. A porcentagem é considerada a mais baixa desde que ele assumiu a Presidência, em janeiro de 2009.

A sondagem, realizada para o diário "New York Times" e o canal "CBS", indica que 31% dos americanos culpam o ex-presidente pela situação atual da economia, enquanto apenas 7% responsabilizam o presidente Barack Obama e seu Governo.

Entre os 1.084 americanos entrevistados, 23% acreditam que a culpa é de Wall Street e 13%, do Congresso. Cerca de 10% dividiram a responsabilidade entre todos os mencionados.

Embora a maioria dos americanos acredite que Obama ainda não apresentou um plano claro para a criação de empregos, pelo menos apóia seus contínuos esforços. EFE mp/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG