RIVERHEAD, Nova York - Um homem de Long Island asumiu a culpa por atirar no pato de um vizinho em um ataque que levou a corte a aprovar uma ordem judicial de segurança para o animal.

O pato - conhecido como Circles - se recuperou completamente do ferimento de bala na garganta.

Ylik Mathews, morador de Mastic, pode ser condenado no próximo mês a um ano de prisão por crueldade animal.

O homem de 21 anos admitiu ter atirado no pato amarelo no dia 17 de março.

Seu advogado, Mark G. Kirshner, disse que o acontecido não passou de um acidente e que Mathews "está feliz que o pato tenha se recuperado".

O juiz do caso concordou em manter a ordem judicial de proteção ao animal e seu dono.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.