Fotografar animais em seu habitat natural não era suficiente para o fotógrafo americano Andrew Zuckerman. Ele decidiu levá-los para um estúdio e colocá-los diante de um fundo branco.

O resultado está no livro Creature, em que ele inclui de chimpanzés a leopardos, passando por elefante e girafa.

"Eu sempre achei que o começo de uma sessão de fotos deve ser para cortejar o animal, deixá-lo confortável no estúdio e, o mais importante, comigo", disse o fotógrafo.

"As primeiras fotos tiradas normalmente não eram as vitoriosas. Os animais estavam se acostumando à luz estroboscópica, aos sons na sala e, olhando para mim, observando, ouvindo minha voz."
"No fim acabariam agindo de maneira mais natural."
"Eu não estava sempre esperando pela pose perfeita (...) o exercício era criar um espaço para os animais serem eles mesmos e depois capturá-los como eram", concluiu Zuckerman.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.