Americano expulso de Mianmar retorna aos EUA

O americano John Yettaw, detido durante três meses em Mianmar e expulso no domingo da Tailândia, partiu de Bangcoc nesta quarta-feira para retornar aos Estados Unidos depois de ter sido hospitalizado durante mais de 48 horas.

AFP |

O americano deixou a Tailândia a bordo de um avião da companhia United Airlines.

Yettaw foi expulso de Mianmar no domingo por "razões humanitárias", depois da visita a Yangun do senador democrata Jim Webb, que no sábado teve encontros com o general Than Shwe, chefe da junta militar birmanesa, antes de se reunir com a líder opositora Aung San Suu Kyi e obter a libertação do americano.

O americano, um mormón de 54 anos, havia sido condenado a sete anos de prisão e trabalhos forçados por ter violado em maio as condições da prisão domiciliar de Suu Kyi, ao entrar na casa dela depois de cruzar a nado o lago que cerca a casa da opositora ao regime.

Pelo caso, a prêmio Nobel da Paz foi condenada a 18 meses adicionais de prisão domiciliar.

Leia mais sobre: Mianmar

    Leia tudo sobre: euamianmarmianmá

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG