Americano é preso por vídeo de rap com avó armada

Um adolescente na Flórida que orientou sua avó de 85 anos a fazer ameaças com uma arma para um vídeo de rap foi condenado a 18 meses de prisão. Michael Alfinez, jovem de 18 anos da cidade de Lake Worth, declarou-se culpado das acusações de abuso de idosos e porte de armas.

BBC Brasil |

No vídeo, Alfinez é visto orientando sua avó, Marie Huertas, a apontar uma arma para a câmera e falar "Isto é para todos os porcos" e "Eu vou atirar em você". A idosa tem problemas de memória.

A família Alfinez disse que o incidente foi um mal-entendido.

O relatório da polícia afirma que Alfinez admitiu ter vestido sua avó com as roupas de rapper e a orientado a exibir uma arma e dinheiro em frente à câmera.

Huerta usa um gorro preto e fala frases cheias de palavrões típicos do "gangsta rap", um gênero agressivo de rap.

Segundo o jornal Palm Beach Post, a polícia prendeu Alfinez em abril depois de apreender a câmera do jovem.

Alfinez disse às autoridades que sabia que sua avó sofria com problemas de memória. Ao ver as imagens, a idosa disse-se envergonhada.

De acordo com o jornal, a mãe do jovem disse que o caso foi um mal-entendido e defendeu o filho das acusações.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG