Phnom Penh, 6 ago (EFE).- Um turista americano foi condenado no Camboja a dois anos e meio de prisão por abusar sexualmente de duas meninas, disseram fontes judiciais.

Thomas Wayne Rapanos, de 55 anos, foi detido em março na capital Phnom Penh, depois de ter sido surpreendido por agentes da Polícia em companhia de dois menores de 12 e 16 anos no quarto do albergue onde estava hospedado.

Além disso, o Tribunal de Phnom Penh condenou Rapanos ao pagamento do equivalente a US$ 975 em conceito de indenização às duas vítimas, e outros US$ 1.220 de multa.

O Camboja, um dos países mais pobres do Sudeste Asiático, se transformou em um dos destinos escolhidos pelos pedófilos, mas o Governo assegura que aumentou o controle policial durante os últimos anos. EFE jcp/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.