Americano de 12 anos que matou mãe após discutir tarefas é condenado

Um menino de 12 anos foi condenado por assassinato premeditado nos Estados Unidos por matar a própria mãe após uma discussão sobre tarefas domésticas.

BBC Brasil |

Um juiz no Estado do Arizona considerou que o menino agiu intencionalmente ao atirar oito vezes contra sua mãe, Sara Madrid, no ano passado.

O jovem, da cidade de Douglas no Condado de Cochise, não foi identificado à imprensa. Ele deve receber a sentença no fim do mês. Pela lei do Arizona, o jovem poderá ficar preso apenas até completar 18 anos.

Leia mais sobre: assassinato

    Leia tudo sobre: assassinatocrime nos eua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG