Americana grávida é encontrada morta e bebê está desaparecido

A polícia do Estado americano de Massachusetts lançou uma operação para encontrar um feto que foi retirado do útero de uma mulher grávida de oito meses, encontrada morta na terça-feira. Segundo os policiais, o bebê pode ter sobrevivido mas precisaria de cuidados médicos imediatamente.

BBC Brasil |

O corpo de Darlene Haynes, de 23 anos, foi achado enrolado em lençóis, em um armário de seu apartamento na cidade de Worcester, depois que vizinhos reclamaram de um mau cheiro ao proprietário.

Segundo a polícia, ela tinha sido vista pela última vez na quinta-feira da semana passada, quando deixou sua filha de 1 ano e nove meses na casa de um ex-namorado.

O jornal Boston Herald informou que Darlene era ainda mãe de duas meninas, de 4 e 3 anos, que moravam com a bisavó.

Sem suspeitos

Ainda segundo o jornal, os policiais estão procurando o feto - uma menina - em hospitais, e também pedindo para a população denunciar se souber de alguém que tenha aparecido misteriosamente com um bebê nos últimos dias.

A causa da morte de Darlene ainda não foi determinada, mas de acordo com o jornal local The Telegram & Gazette, a autópsia teria revelado ferimentos na cabeça. Também não foram apontados suspeitos no caso, por enquanto.

Em junho passado, uma americana foi presa no Estado de Oregon, acusada de matar uma mulher grávida de oito meses e tentar roubar o bebê, que também morreu.

Em 2007, a americana Lisa Montgomery foi condenada pelo crime de sequestro seguido de morte pelo assassinato de Bobbie Jo Stinnet, então grávida de oito meses.

A filha de Stinnet, no entanto, retirada do útero por Montgomery após a morte da mãe, sobreviveu e depois foi devolvida ao pai.

Leia mais sobre assassinato

    Leia tudo sobre: assassinato

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG