Americana é acusada de forjar sequestro de bebê com babá

A polícia do Estado americano da Flórida acusa a mãe de um bebê de forjar o sequestro da criança com a babá. O bebê, uma menina de sete meses, foi encontrado vivo e saudável pela polícia em uma caixa escondida embaixo de uma cama na casa da babá.

BBC Brasil |

No sábado, a mãe, Chrystina Lynn Mercer, havia comunicado à polícia que sua filha havia sido sequestrada, dando início a uma operação de buscas.

Na quarta-feira, o bebê foi encontrado. A polícia indiciou a mãe por abandono de criança e a babá, Susan Baker, por negligência com circunstâncias agravadas e interferência na guarda de uma criança.

A polícia disse acreditar que a mãe da menina teria conspirado com a babá para esta fingisse que o bebê era dela.

Buscas

A polícia chegou a fazer buscas nas florestas perto da casa dos pais de Shannon, na região de Chipley, antes de visitar a casa da babá, na quarta-feira.

"Eles nos deram autorização para realizar as buscas e encontramos a bebê em uma caixa embaixo da cama, com outras caixas em volta para escondê-la", disse o xerife do condado de Washington Bobby Haddock.

"Tivemos outros casos de crianças desaparecidas no passado, mas nenhum como esse".

A polícia também confirmou que, no ano 2000, a babá e seu marido foram interrogados sobre o desaparecimento de seu filho de três anos de idade na Carolina do Sul, em 1987.

Susan Baker disse à polícia que a criança - que nunca foi achada - desapareceu quando ela estava dormindo, afirmou a AP.

A babá também foi condenada por agressão séria a uma menina de seis anos de idade, também na Carolina do Sul, em 1987.

Leia mais sobre fraude

    Leia tudo sobre: fraude

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG