American Airlines cancela mais de mil vôos

A companhia aérea americana American Airlines cancelou mais de 1000 vôos ontem - o equivalente a 45% de sua escala - para realizar as inspeções técnicas de seus aviões do tipo MD-80. A decisão provocou problemas para milhares de passageiros em todo o país e provocou o caos nos aeroportos mais movimentados dos Estados Unidos.

Agência Estado |

A empresa, que já suspendeu na última terça cerca de 500 vôos, também afirmou que os cancelamentos continuariam hoje.

A American Airlines está revisando novamente sua frota de 300 aviões MD-80, após a Agência Federal de Aviação (FAA, em inglês) não aprovar alguns aspectos relacionados aos cabos no compartimento que guarda o trem de pouso.

Como resultado dessas revisões, 50 vôos foram suspensos ontem nos aeroportos em Nova York e em Nova Jersey. O aeroporto internacional Dallas Fort Worth, no Texas, foi outro dos mais atingidos e, segundo fontes da empresa aérea, foram cancelados 251 chegadas e partidas, praticamente a metade da capacidade de operação do terminal.

O presidente e executivo-chefe da American Airlines, Gerard Arpey, se viu obrigado na última terça para pedir desculpas publicamente por causa dos problemas causados aos passageiros.

"Nós obviamente falhamos em atender a todas as ordens e padrões que a FAA exige, disse Arpey, durante uma entrevista coletiva em Los Angeles. "Eu assumo total responsabilidade pelo que está acontecendo."

A empresa disse que as inspeções estão relacionadas ao cumprimento de questões técnicas e "não com aspectos relacionados à segurança" dos vôos.

A American Airlines e outras companhias aéreas americanas já foram obrigadas no final de março a cancelar centenas de vôos para a realização de uma inspeção mais rigorosa de seus aviões, o que gerou confusão e problemas nos aeroportos.

    Leia tudo sobre: aviação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG