América Latina está melhor preparada para enfrentar gripe suína (OPS)

A América Latina está melhor preparada para enfrentar a gripe suína (H1N1) do que há cinco anos, quando houve a ameaça da gripe aviária, afirmou nesta sexta-feira a Organização Pan-Americana de Saúde (OPS).

AFP |

"Todos os países estão melhor preparados que há 5 anos, quando houve o alerta de gripe aviária", assinalou a diretora da OPS, Mirta Roses, durante uma sessão especial na Organização dos Estados Americanos (OEA) sobre a atual epidemia.

"Os países da região atualizaram seus planos contra a gripe a partir de 2004, com esquemas testados, simulações e forte capacitação de pessoal", destacou Roses.

A funcionária assinalou que a OPS coordena na região os esforços da Organização Mundial de Saúde (OMS) para enfrentar a gripe suína, e mantém contato direto com todos os países latino-americanos para otimizar as estratégias contra a epidemia.

Segundo Roses, a América Latina responde por "uma parte da reserva estratégica mundial" de antivirais, e a OPS já trabalha com os países da região para analisar "necessidades e disponibilidades de produção" de medicamentos.

A partir deste sábado, a OPS realizará uma entrevista coletiva diária para "manter o fluxo de informação" sobre o estado da gripe suína, disse Roses.

du/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG