América Latina e Caribe criam grupo de trabalho sobre crise financeira

Costa do Sauípe (Bahia), 17 dez (EFE) - Os países da América Latina e do Caribe decidiram criar um grupo de trabalho de alto nível para elaborar propostas conjuntas destinadas a enfrentar a crise internacional. A criação do grupo foi anunciada em uma declaração especial aprovada pelos Governos dos 33 países da região durante a 1ª Cúpula da América Latina e do Caribe, que terminou hoje em Costa do Sauípe. Os líderes, segundo o texto, decidiram criar um grupo de trabalho de alto nível integrado por destacados especialistas de cada país da América Latina e do Caribe. O objetivo é elaborar e propor posições comuns e iniciativas concretas compartilhadas para enfrentar a crise financeira internacional e para a construção de uma nova arquitetura financeira. Os chefes de Estado da região programaram a primeira reunião deste grupo para 16 de março de 2009 em Santiago, no Chile, país que será o coordenador deste mecanismo. Os participantes da cúpula consideram que é necessário acertar uma posição comum da região perante a crise financeira para poder enfrentar os problemas em melhores condições. Em entrevista coletiva posterior à cúpula, o presidente do México, Felipe Calderón, destacou o fato de que o grupo trabalhará sob a direção do Chile, país que é visto na região como um modelo de boa administração das finanças públicas. Calderón disse que as conclusões do grupo serão apresentadas nas reuniões do Grupo dos Vinte (G20, que reúne os países mais ri...

EFE |

EFE cm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG