Ameaça de furacão faz Bush declarar emergência na Louisiana

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, declarou nesta sexta-feira estado de emergência no Estado da Louisiana (sul do país), que se prepara para a passagem do furacão Gustav.

BBC Brasil |

A Casa Branca informou que será enviada ajuda federal para complementar os esforços estaduais e locais para conter os danos que podem ser provocados pelo furacão, que está no Caribe e segue para o Golfo do México.

Na quinta-feira, o governo estadual da Louisiana já havia declarado emergência devido ao Gustav. A decisão de Bush permite o envio de verbas federais à região.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos prevê que Gustav ganhe força nas próximas horas, podendo se transformar em uma tempestade de grande intensidade.

De acordo com uma projeção divulgada pelo Centro, a tempestade poderia chegar na terça-feira à cidade de Nova Orleans - devastada pelo furacão Katrina há três anos.

Caribe
Gustav, que está atualmente com ventos de cerca de 120 km/h, já deixou dezenas de mortos em sua passagem pela República Dominicana e pelo Haiti.

Nesta sexta-feira, o furacão atingiu a Jamaica e se move em direção às Ilhas Cayman e ao oeste de Cuba.

Diversos Estados americanos localizados ao longo do Golfo do México se preparam para a passagem de Gustav com planos de emergência.

Milhares de membros da Guarda Nacional já estão de prontidão.

Autoridades estaduais pretendem começar neste fim de semana a evacuar as vítimas do Katrina que ainda vivem em abrigos temporários ao longo do Rio Mississippi.

O furacão de 2005 deixou mais de 1,5 mil mortos ao passar por Nova Orleans.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG