Sydney (Austrália), 20 ago (EFE).- A Polícia australiana investiga uma suposta ameaça de bomba em um avião da Singapore Airlines (SIA), que aterrissou hoje em Melbourne após decolar de Cingapura.

Pouco depois da decolagem, um homem ligou para o centro de chamadas da SIA em Mumbai (antiga Bombaim) para advertir sobre a presença de uma bomba na cabine dos pilotos.

A torre de controle de Cingapura avisou a tripulação, que fez uma inspeção no avião de forma discreta para não levantar suspeitas e evitar pânico entre os passageiros do voo SQ227.

Ao não encontrarem vestígios de bomba, as aeromoças comunicaram aos passageiros sobre a suposta ameaça uma hora antes da aterrissagem em Melbourne.

O avião, um Boeing 747-400 com 198 passageiros e 20 tripulantes, pousou sem problemas no aeroporto da cidade australiana. EFE mg/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.