Ameaça de atentado espreitou posse de Obama

O serviço de inteligência americano temeu que um grupo de somalis tentasse explodir uma bomba durante a cerimônia de posse do presidente Barack Obama em janeiro de 2009, informa o jornal The New York Times.

AFP |

A cerimônia aconteceu sem incidentes nas escadas do Capitólio em Washington no dia 20 de janeiro de 2009, mas a ameaça de um ataque a Obama foi levada a sério.

O NYT cita fontes do serviço de inteligência que tiveram boas razões para acreditar que um grupo de somalis procedente do Canadá explodiria uma bomba durante a cerimônia exibida pela televisão em todo o mundo.

"Todos os elementos indicavam que havia uma ameaça real que envolvia indivíduos procedentes do exterior", declarou ao jornal Juan Carlos Zarate, que foi conselheiro do ex-presidente George W. Bush na área do terrorismo.

sms-mes/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG