Ambiente de calma e alta participação marcam eleições em Gana

Acra, 7 dez (EFE).- A ausência de incidentes sérios e a elevada participação dos cidadãos de Gana, que formaram longas filas para escolher seu novo presidente e os 230 componentes do Parlamento, marcaram hoje a jornada eleitoral de um dos países mais estáveis da África.

EFE |

Segundo o porta-voz da Polícia, Kwasi Ofori, "a situação geral de segurança por todo o país foi muito animadora", e o dia foi "muito tranqüilo e com poucas irregularidades", já que o único incidente que se registrou foi o atraso na entrega de cédulas em alguns postos eleitorais.

O atual presidente de Gana, John Kufuor, que votou no começo da manhã, disse que as eleições se desenvolveram com normalidade, "exceto por umas pequenas escaramuças" em algumas áreas.

Kufuor expressou uma grande satisfação pela normalidade com a qual transcorreu a jornada eleitoral, que põe "uma agradável nota final" aos oito anos nos quais esteve à frente do Governo.

Embora sejam oito os partidos políticos que se apresentam às eleições, os analistas apontam que só dois têm possibilidades reais de ganhar a Presidência e a maioria das cadeiras na Assembléia Nacional: o Novo Partido Patriótico e o Congresso Nacional Democrático (NDC).

Espera-se que os primeiros resultados da votação, que começou hoje às 5h (Brasília) e terminou às 15h, comecem a ser divulgados ainda hoje, embora o presidente da Comissão Eleitoral, Kwado Afari-Gyan, tenha declarado que serão tornados públicos apenas "72 horas depois de fechados os postos eleitorais". EFE ma/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG