Ambicioso, líder da oposição espera mudar divisão de poder em Montenegro

Belgrado, 5 abr (EFE).- O ambicioso líder do opositor Movimento por Mudanças (PZP), Nebojsa Medojevic, busca nas eleições deste domingo em Montenegro pôr fim ao mandato do atual presidente, Filip Vujanovic.

EFE |

Engenheiro dedicado à economia, Medojevic falou durante sua campanha sobre "o começo do fim do regime mais corrupto" da história montenegrina, e sobre a "necessidade de que, finalmente, haja mudança pelo menos em uma parte do poder", exercido há mais de 15 anos pelo Partido Democrático dos Socialistas (DPS) e aliados.

Em 2005, o líder oposicionista fundou seu próprio partido, o PZP, que no ano passado entrou no Parlamento.

O PZP teve como base de sua formação a ONG Grupo para Mudanças (GZP), formado por analistas e que se ocupava ativamente de temas políticos e, sobretudo, econômicos.

O partido desse crítico implacável do Governo do primeiro-ministro Milo Djukanovic (DPS), defende a afirmação de uma sociedade cívica moderna no país e reformas econômicas, sociais e democráticas estruturais para acelerar os processos de adesão à União Européia (UE).

Nascido em 1966, Medojevic teve formação na área de Engenharia, mas seu interesse logo se voltou para a economia. Foi membro ativo de organizações antibelicistas no início da década de 1990, quando começaram a surgir os conflitos que culminaram na "decomposição" da antiga Iugoslávia, da qual Montenegro fazia parte com Eslovênia, Croácia, Bósnia, Sérvia e Macedônia.

Desde 1990, trabalhou como especialista em reformas econômicas na agência do governo para a área de privatização, da qual foi demitido após publicar um livro no qual acusou a cúpula política montenegrina de cometer atos de corrupção graves.

Deixou o Partido Social-Democrata (SDP), que havia ajudado a fundar. Pouco depois, formou uma organização que tinha como objetivo lutar contra a corrupção, e, em 2004, criou a rede de analistas GZP.

É autor de vários livros e de uma série de artigos sobre a transição política em Montenegro e outros temas econômicos - muitos desses textos foram publicados em revistas internacionais.

Medojevic é casado e pai de dois filhos. EFE Sn/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG