Alto funcionário diplomático dos EUA viaja para a Abkhásia para solucionar crise

Um alto funcionário da Diplomacia norte-americana, Matthew Bryza, viajou neste sábado para a Abkhásia para tentar restabelecer o diálogo entre a Geórgia e esta região separatista pró-russa, ressaltando em sua chegada que a situação é tensa, informaram agências russas.

AFP |

"A situação é tensa, é o que todos comentam, mas não a ponto de não podermos encontrar uma saída", afirmou Bryza, chefe do Departamento de Estado encarregado das relações européias e euroasiáticas, citado pela agência Ria Novosti.

Bryza fez estas declarações à imprensa no início de seu encontro com o "presidente" da autoproclamada República da Abkhásia, Serguei Bagapch, e seu "ministro" das Relações Exteriores, Serguei Chamba.

"Considero indispensável estabelecer e estimular o processo de negociações abkhásio-georgiano", acrescentando, mencionando como "intermediários países como Rússia, Ucrânia, Turquia e outros".

A Abkhásia, localizada às margens do Mar Negro, proclamou unilateralmente sua independência da Geórgia um dia depois da queda da União Soviética no início da década de 90.

uh/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG