Alta surpreendente de pedidos de seguro-desemprego nos EUA

O número de novos desempregados inscritos nos Estados Unidos aumentou, contra todas as expectativas, na semana encerrada em 15 de agosto, de acordo com dados corrigidos pelas variações sazonais publicadas nesta quinta-feira pelo departamento do Trabalho em Washington.

AFP |

O ministério registrou 576.000 novos pedidos de seguro-desemprego na semana em questão, 2,7% a mais do que na semana anterior. Os analistas esperavam um movimento inverso, com apenas 550.000 novas inscrições.

O dado para a semana encerrada em 8 de agosto foi revisado em alta de 3.000, a 561.000 novas inscrições.

Em média móvel em quatro semanas, os novos pedidos de seguro-desemprego chegaram a 570.000, 0,8% a mais do que na semana anterior. O índice está assim em seu nível mais alto desde 11 de julho.

Em 8 de agosto, acrescentou o ministério, a taxa de desemprego indenizada estava em 4,7%, o mesmo que na semana anterior. Os EUA tinham na data 6,241 milhões de desempregados indenizados.

A taxa de desemprego oficial do país, que leva também em conta os desempregados não indenizados, chegou a 9,4% no fim de julho.

mj/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG