O líder radical xiita iraquiano Moqtada al-Sadr pediu nesta quarta-feira à resistência iraquiana que empreenda operações de represália no Iraque contra os Estados Unidos, o principal sócio de Israel, em resposta ao conflito na Faixa de Gaza, em um comunicado difundido em Najaf.

O influente chefe do movimento anitamericano também pede aos "países que têm uma embaixada de Israel em seu território que a fechem em sinal de apoio ao povo palestino".

Os Estados Unidos asseguram que o líder xiita se refugiu no Irã.

str-mba/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.