Al-Qaeda no Iraque coloca homens à disposição de braço direito de Bin Laden

Ayman al-Zawahiri foi o mentor dos ataques de 11 de Setembro e é visto como o sucessor de Osama

EFE |

Reuters
Zawahiri era o braço direito de Bin Laden e mentor intelectual dos ataques de 11 de setembro
O grupo Estado Islâmico do Iraque colocou à disposição do até agora "número 2" da Al-Qaeda, Ayman al-Zawahiri , todos os seus homens, o que pode ser entendido como amplo apoio para que o terrorista se transforme no sucessor de Osama bin Laden .

Essa organização - que congrega grupos terroristas liderados pela Al-Qaeda, o Estado Islâmico do Iraque - fez o anúncio por meio de comunicado assinado por seu líder, Abu Bakr al Baghdadi al Hosseini.

A mensagem foi enviada a um site islâmico em que as organizações costumam divulgar suas informações. A autenticidade da mensagem, no entanto, não foi confirmada.

"Estou dizendo aos nossos irmãos da organização da Al-Qaeda e, principalmente, ao xeque mujahid (combatente) Ayman al-Zawahiri e a seus irmãos na chefia da organização, sigam adiante, com a bênção de Deus, sobre suas decisões", disse al-Baghdadi. "Podem contar no Estado Islâmico do Iraque com homens leais e corrtos que não desistem ou renunciam", ressaltou.

Bin Laden foi morto em 2 de maio por forças americanas durante uma operação militar em seu esconderijo em Abbottabad , cidade perto da capital Islamabad.

O analista em Al-Qaeda, Nazem al-Jabouri, explicou à Agência Efe por telefone que o comunicado "significa o apoio da organização ao nome de Zawahiri como sucessor de Bin Laden". "Sabe-se que a chefia geral da Al-Qaeda tem um conselho que elege o líder", disse Jabouri.

Alguns analistas em Al-Qaeda veem que a escolha de um sucessor para Bin Laden será atrasada porque a realização de uma reunião do conselho nesse momento seria impossível por motivos de segurança.

O analista afirmou que a Al-Qaeda tem organização hierárquica, com vários subgrupos e federações não centrais, e cada um terá uma opinião sobre o sucessor de Bin Laden.

Jabouri considerou que "a maioria vê Zawahiri como a pessoa mais provável para suceder Bin Laden", já que "foi o líder que mais saiu na imprensa e em eventos religiosos e civis depois de 2004". Além disso, o especialista não descartou que as filiais da Al-Qaeda na Península Arábica, no Magreb Islâmico e no Afeganistão possam "aprovar Zawahiri como sucessor de Bin Laden na Al-Qaeda".

    Leia tudo sobre: bin ladenal-qaedatalebanafeganistãosealspaquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG