Al-Qaeda anuncia morte de seu líder no Afeganistão

Grupo que monitora sites islâmicos afirma que líder teria morrido junto com a família

AFP |

© AP
Mustafa Abu al-Yazid, em vídeo sem data confirmada
A rede terrorista Al-Qaeda anunciou nesta terça-feira a morte de seu principal líder no Afeganistão, Mustafa Abu al-Yazid, segundo informou o grupo de monitoramento de sites islâmicos SITE, que examina os conteúdos dos sites islamitas.

Yazid, um egípcio conhecido também como Xeque Said, era um dos fundadores da Al-Qaeda e ex-tesoureiro de Osama Bin Laden.

O SITE não precisa as circunstâncias da morte de Yazid, mas revela que a mensagem da Al-Qaeda informa que sua mulher, três filhas, uma neta e outros homens, mulheres e crianças morreram com o líder.

Yazid fazia parte da lista de pessoas, grupos e organizações cujos bens foram congelados pelo tesouro americano após os atentados do 11 de Setembro de 2001 nos Estados Unidos.

Segundo o FBI, Yazid foi o responsável pela transferência de fundos, via Dubai, para Mohammed Atta, Marwan Al Shehhi e Wal Al Shehri, três dos terroristas que jogaram aviões nas torres gêmeas de Nova York e contra o Pentágono, em Washington.

Um funcionário americano estimou em Washington que havia "muitas razões" para pensar que Yazid, considerado o número três da Al-Qaeda, havia morrido recentemente nas zonas tribais do Paquistão. "Em termos de antiterrorismo, seria uma grande vitória", indicou o funcionário. "Era um elemento chave do comando da Al-Qaeda, o intermediário com Bin Laden e Zawahiri", acrescentou. O egípcio Ayman al-Zawahiri é o número dois da Al-Qaeda e suplente de Osama Bin Laden.

Yazid, suspeito de pertencer à Jihad egípcia, apareceu em vários vídeos enviados pela Al-Qaeda desde que assumiu a chefia do movimento no Afeganistão, em maio de 2007. Segundo o SITE, Yazid apareceu pela última vez na Web em uma gravação difundida em 4 de maio passado, quando fez um elogio fúnebre a Abu Omar al-Bagdadi e Abu Ayub al-Masri, os líderes políticos da Al-Qaeda no Iraque mortos em abril.

Segundo Yasser Al Sirri, diretor do Observatório Islâmico, com sede em Londres, Yazid nasceu no Egito em dezembro de 1955 na região de Al Sharqiya, no delta do Nilo.

    Leia tudo sobre: Al-QaedaAfeganistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG