Al-Qaeda afirma que vídeo de Bin Laden divulgado pelos EUA é falso

No vídeo questionado pelo grupo terrorista, ex-líder da Al-Qaeda aparece assistindo à televisão

iG São Paulo |

Um vídeo da Al-Qaeda divulgado na internet nesta terça-feira acusa o governo dos Estados Unidos de ter divulgado imagens falsas de Osama bin Laden , nas quais ele aparece envelhecido e assistindo à televisão.

"É preciso ficar atento: os Estados Unidos mentem", afirma o site Shumuj al-Islam, que divulga vídeos da Al-Qaeda.

"A mensagem é uma resposta ao vídeo difundido pelos meios de comunicação árabes e estrangeiros que mostra Osama bin Laden assistindo à televisão", destaca o site.

O vídeo da Al-Qaeda destaca diferenças, em particular nas orelhas e olhos, entre Bin Laden e o homem que aparece nas imagens divulgadas pelos Estados Unidos.

Nas imagens difundidas após a morte em uma ação americana, Bin Laden aparece com uma barba branca. O governo americano informou que o comando que matou Bin Laden em 2 de maio apreendeu cinco vídeos e diversos documentos na residência de Abbottabad , Paquistão.

No sábado, os cinco vídeos foram divulgados. Em outro deles, feito em outubro ou novembro de 2010, o líder da Al-Qaeda veste uma espécie de chapéu branco e uma túnica branca, enquanto fala diretamente para a câmera, no mesmo estilo dos pronunciamentos em vídeo anteriores do líder da rede extremista. Não há áudio no vídeo, mas oficiais do Pentágono disseram se tratar de uma mensagem endereçada aos EUA.

Em uma coletiva em Washington, o Pentágono também divulgou um vídeo de propaganda gravado por Bin Laden. Não há nada nos vídeos divulgados no sábado que identifique que Bin Laden está no esconderijo onde foi morto em Abbottabad.

A divulgação das imagens, no entanto, é parte de um esforço do governo americano para convencer os céticos que Bin Laden foi realmente morto na operação da semana passada. A morte do líder terrorista foi confirmada pela Al-Qaeda na sexta-feira.

AFP
Imagem retirada de vídeo mostraria ex-líder da Al-Qaeda envelhecido

No material encontrado no complexo em Abbottabad, estariam também cartas pessoais de Bin Laden a outros membros da rede.

*Com AFP

    Leia tudo sobre: bin ladenal-qaedapaquistãosealsterrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG