Alpinista suíço morre após escalar o Everest

Katmandu, 23 mai (EFE).- Um alpinista suíço de 45 anos morreu quando descia do cume do Everest, se transformando na primeira vítima fatal nesta temporada do ponto mais alto do mundo, informou hoje à Agência Efe uma fonte da agência que organiza a expedição.

EFE |

"Ele morreu enquanto retornava após alcançar o pico da montanha na quinta-feira, mas ainda desconhecemos os detalhes", disse Pralahd Chapagain, da agência Iceland Trekking, que organizou da expedição.

A equipe era formada por outros seis montanhistas suíços que também conseguiram chegar ao cume do Everest.

A vítima, que foi identificada como Goltz Uwe Micha Johannes, chegou ao cume da montanha na quinta-feira junto com outras 70 pessoas, segundo informações oficias. EFE ms/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG