Moscou, 5 set (EFE) - Os líderes da aliança pós-soviética Organização do Tratado de Segurança Coletiva (OTSC) criticaram hoje as ações militares da Geórgia na região separatista da Ossétia do Sul.

"Os países-membros da OTSC estão profundamente preocupados com a tentativa da Geórgia de resolver à força o conflito da Ossétia do Sul", indica a declaração adotada pelos líderes dos países-membros da organização.

A declaração também apóia o papel ativo da Rússia na hora de garantir a paz e a segurança nas regiões separatistas Ossétia do Sul e Abkházia, informaram as agências russas.

A OTSC, o braço armado da Comunidade dos Estados Independentes (CEI), é integrada por Rússia, Armênia, Belarus, Cazaquistão, Quirguistão, Tadjiquistão e Uzbequistão. EFE io/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.