Aliança chavista define 14 candidatos para eleições regionais venezuelanas

Caracas, 4 ago (EFE).- A Aliança Patriótica, integrada pelos oito partidos afins ao Governo do presidente Hugo Chávez, anunciou hoje que aumentou para 14 o número de candidatos da coalizão para as eleições regionais de novembro.

EFE |

O dirigente do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) Diosdado Cabello, junto a representantes dos outros sete partidos governistas, disse que 11 desses candidatos foram escolhidos de maneira unânime, e que no caso dos outros três há consenso, embora com restrições de algumas partes.

Para os nove estados restantes, acrescentou, "seguem as discussões entre irmãos" Os 11 estados onde existe unanimidade de apoio governista são os de Aragua, Anzoátegui, Distrito Capital, Falcón, Lara, Mérida, Miranda, Monagas, Nueva Esparta, Vargas e Zulia, ao tempo que em Sucre, Táchira e Barinas há somente consenso.

Os acordos anunciados ocorrem oito dias depois de Chávez ter dado um ultimato a seus aliados, para que abandonassem a aliança caso não acertassem candidatos únicos antes do fim do prazo das inscrições.

"Que lancem seus próprios candidatos para ver quantos ganham. Vão desaparecer! Querem desaparecer? Então que desapareçam sós", disse então Chávez. EFE ar/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG