Aliado de Obama se desculpa por declarações sobre sua cor

O influente senador democrata Harry Reid desculpou-se neste sábado por ter feito comentários de tom racista sobre Obama durante a campanha presidencial de 2008.

AFP |

Reid, o líder da maioria democrata no Senado, teria dito que Obama era popular com os eleitores porque sua "pele é luminosa" e "não tinha dialeto negro, a menos que queira".

Os comentários figuram num novo livro sobre a campanha eleitoral para a presidência de 2008.

"Lamento profundamente a pobre escolha de palavras. Desculpo-me por ofender todos os americanos, em especial os afro-americanos por meus comentários inadequados", disse Reid.

"Ao longo de minha carreira (...) trabalhei duro para levar adiante questões importantes para a comunidade afro-americana".

Obama disse em seguida, em comunicado, que aceitava as desculpas de Reid "sem dúvidas".

"Harry Reid me telefonou e se desculpou por um comentário infeliz", disse o presidente.

arb/oh/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG