Ali Khamenei diz que mundo está em mudança

Teerã, 6 set (EFE).- O líder supremo da Revolução Islâmica iraniana, aiatolá Ali Khamenei, afirmou hoje que as contínuas derrotas sofridas pelos Estados Unidos em diversas partes do planeta mostram que o mundo está experimentando uma inegável mudança.

EFE |

Em uma audiência concedida ao presidente venezuelano, Hugo Chávez, em visita a Teerã, a máxima autoridade iraniana pediu que o líder sul-americano lidere, junto com o Irã, essa nova "frente independente" que, segundo ele, se estabeleceu.

"O Irã e a Venezuela devem aumentar seu atual nível de cooperação e se esforçar ao máximo para promover a nova frente independente", afirmou Khamenei, citado pela agência oficial de notícias local "Irna".

Neste sentido, o líder supremo iraniano deu como exemplo a mudança registrada na América Latina e disse que esta região foi uma vez chamada de "quintal" dos Estados Unidos e agora é testemunha do crescimento de um novo poder.

"As vitórias e os sucessos das frentes de resistência se devem tanto ao esforço dos povos quanto à grandeza de Deus", afirmou Khamenei, que ressaltou que os fracassos americanos são maiores se for comparado ao alcançado pelo Irã.

Sobre as relações com a Venezuela, o líder supremo iraniano ressaltou que a cooperação política e a troca são vitais para aumentar o poderio.

Além disso, disse que, para se tornar mais forte, é preciso elevar o nível de colaboração bilateral em setores como a indústria, a economia, os bancos e o transporte, disse.

Segundo a agência "Irna", durante o encontro, fechado à imprensa, Chávez expressou sua alegria por esta nova visita ao Irã e disse que as reuniões com o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, também presente na audiência, foram "muito frutíferas".

O presidente venezuelano termina hoje uma visita de dois dias ao Irã que lhe serviu para fortalecer a frente "anti-imperialista" e estreitar a cooperação bilateral.

Após a audiência com Khamenei, Chávez tinha previsto ir à cidade iraniana de Mashhad, cerca de mil quilômetros ao leste de Teerã, onde hoje Ahmadinejad presidiu a primeira sessão de seu novo Conselho de Ministros. EFE jm-msh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG