Al-Fayed considera opções legais após veredicto sobre morte de Diana

Londres, 8 abr (EFE).- O dono das lojas Harrods, Mohamed al-Fayed, analisa hoje suas opções legais após a decisão de um júri que culpou pela morte de Diana de Gales e de seu namorado, Dodi al-Fayed, o motorista do automóvel onde estavam e os paparazzi que perseguiam o casal.

EFE |

Assim informou hoje Michael Cole, porta-voz do milionário, em declarações à rede "GMTV", nas quais insistiu em que Al-Fayed está pensando nos passos a seguir com a família e os advogados.

Após a divulgação da sentença nesta segunda-feira do júri popular no Tribunal Superior de Londres, o empresário - que ainda acredita que seu filho e Diana foram vítimas de uma conspiração dos serviços secretos britânicos com a ajuda do príncipe Philip - se disse "decepcionado", e insistiu em que o casal foi assassinado.

Cole disse hoje que, apesar de Al-Fayed ter afirmado antes que aceitaria o veredicto, acredita, no entanto, que o júri não teve a oportunidade de "ouvir" tudo o que aconteceu.

Acrescentou que os onze membros do júri não tiveram permissão de considerar uma sentença de conspiração, e também não puderam "ouvir" o príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II.

"É razoável que Mohammed leve tempo para falar com sua família sobre as conseqüências e falar com seus advogados", disse o porta-voz.

O júri popular culpou pela morte da princesa e de Dodi o motorista do Mercedes e os paparazzi que perseguiam o casal, o que teria ocasionado a colisão do veículo do casal contra uma coluna do túnel da Ponte D'Alma, em Paris, em 31 de agosto de 1997.

O juiz da investigação judicial sobre a morte de Diana e Dodi, Scott Baker, não ofereceu ao júri uma sentença de conspiração para o assassinato, porque afirmou que não havia provas.

Os filhos da princesa, os príncipes William e Harry, agradeceram ao júri e expressaram em um breve comunicado que estavam de acordo com o veredicto. EFE vg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG