Alerta sobre bomba foi dado por vendedor ambulante

Avisada, polícia de Nova York encontrou e desativou carro-bomba, retirou pessoas da Times Square e evitou "evento catastrófico"

Reuters |

NOVA YORK - Alertada por um vendedor ambulante, a polícia de Nova York encontrou e desativou um carro-bomba, evitando um "ato de terrorismo" que forçou a retirada das pessoas da Times Square no sábado e poderia ter matado várias pessoas, informaram autoridades no início deste domingo.

Reuters/Newscom/REUTERS TV
Esquadrão antibomba examina carro onde explosivo foi colocado, em Times Square, Nova York

O prefeito de Nova York, Michael Bloomberg, disse em entrevista coletiva que "não temos ideia de quem fez isso e qual foi o motivo". Ele disse que a bomba desativada --feita de propano, gasolina e fogos de artifício - parecia ter sido fabricada de forma rudimentar.

A Times Square é um local popular de Manhattan e estava lotada de turistas e de espectadores de teatro em uma noite quente de sábado em Nova York. A maior parte da Times Square foi reaberta aos carros e aos pedestres por volta de 5h (horário local, 6h em Brasília).

"Por sorte ninguém ficou ferido, e agora toda a atenção das forças policiais da cidade, do Estado e em nível federal se voltam para levar os culpados deste ato de terrorismo à Justiça", disse o governador de Nova York, David Paterson, em comunicado.

AP/Craig Ruttle
Carro policial se movimenta nas proximidades da Times Square, em NY, após bomba ser desativada

O comunicado do governador não especifica se ele suspeita que militantes domésticos ou estrangeiros tenham tentado o ataque.

Bloomberg disse que um vendedor ambulante de camisetas informou sobre "um veículo suspeito, não-ocupado" e alertou um policial a cavalo, que viu que o Nissan Pathfinder verde escuro tinha fumaça saindo de perto do banco traseiro e cheirava a pólvora.

"O esquadrão antibomba do Departamento de Polícia de Nova York desativou o carro-bomba improvisado", disse o comissário de polícia da cidade, Ray Kelly.

O veículo foi retirado da Times Square por volta das 6h (7h em Brasília).

"Temos muita sorte. Graças a nova-iorquinos em alerta e a policiais profissionais, evitamos o que poderia ser um evento bastante catastrófico", disse Bloomberg a jornalistas.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, elogiou a "ação rápida" da polícia de Nova York no incidente e disse que os policiais fizeram "um trabalho excelente" na resposta ao alerta.

A bomba foi descoberta por volta de 18h30 de sábado (19h30 em Brasília) no veículo estacionado perto da Rua 45 e da Broadway. O carro estava com o motor e o pisca-alerta ligados, disseram autoridades. Ele tinha placa de Connecticut que não batia com o veículo.

AP/Craig Ruttle
Times Square, em Nova York, é esvaziada após autoridades encontrarem carro com bomba caseira em veículo abandonado

Kelly disse que o esquadrão antibomba removeu e desarticulou três tanques de propano, fogos de artifício, dois recipientes com 19 litros de gasolina, dois relógios com baterias em cada um deles, fiação elétrica e outros componentes.

    Leia tudo sobre: bombaNova York

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG