Berlim, 12 mar (EFE).- O jovem alemão que assassinou na quarta-feira 15 pessoas em um colégio em Winnenden (perto de Stuttgart) e na localidade próxima de Wendlingen anunciou o massacre na internet poucas horas antes, disse hoje o ministro do Interior de Baden-Württemberg, Heribert Rech.

"Estou cansado dessa vida" e "ninguém reconhece meu potencial" foram algumas das frases que ele escreveu em um chat da internet, no qual advertiu aos que liam que deviam ficar atentos no dia seguinte ao que aconteceria em Winnenden, disse Rech.

As palavras de Tim Kretschmer advertindo do massacre foram registradas por volta das 2h45 (22h45 de Brasília da terça-feira) do mesmo dia do crime por um jovem da Baviera, que não levou as ameaças a sério no momento e que, após o massacre, informou à Polícia, disse Rech, em entrevista coletiva. EFE jcb/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.