Tamanho do texto

Um alemão sem-teto foi condenado a nove meses de prisão depois de passar nove anos dormindo em um armário para malas na estação de trens de Düsseldorf, no norte da Alemanha.

Mike K. foi condenado por ter ignorado várias vezes a proibição de dormir em um compartimento onde geralmente ficam trancadas as bagagens de turistas.

O alemão, de 29 anos, é viciado em cocaína e heroína, portador do vírus HIV e sofre de hepatite. Ele não tem endereço fixo há vários anos e mendigava durante o dia na estação de Düsseldorf.

Mike K., que tem 1,55 m de altura, passava as noites em um armário que media apenas um metro de comprimento e 60 centímetros de largura. Ele dormia com as pernas dobradas dentro do pequeno compartimento, com a porta encostada.

Terapia

O juiz do Tribunal de Düsseldorf propôs que ele fazisse uma terapia contra o vício para evitar a condenação, mas ele não aceitou.

"Eu já tentei tantas vezes... isso já não faz mais sentido", disse o alemão perante o tribunal.

"Um dia a Justiça alemã ainda vai se envergonhar desse veredicto, que é catastroficamente injusto", disse o advogado de defesa. "Ele não prejudicou ninguém".

A partir de agora, a única chance do réu evitar a detenção seria seu advogado conseguir provar que sua sanidade mental está abalada. Se isso acontecer, ele seria internado em um hospício.

Atualmente, Mike K. vive no apartamento de um amigo e diz que não quer ir para a cadeia: "Eu só tentei sobreviver", disse o alemão durante o julgamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.