Alemanha suspenderá alerta pelo consumo de pepinos, alface e tomates

No entanto, país mantém conselho para evitar o consumo de sementes germinadas e brotos de soja ou de legumes

EFE |

As autoridades sanitárias alemãs suspenderão nesta sexta-feira o alerta contra o consumo de pepinos, alfaces e tomates crus pela infecção com uma cepa agressiva da bactéria "E. coli", informa a edição digital do rotativo "Bild".

As autoridades mantêm, no entanto, o conselho de não consumir sementes germinadas, como brotos de soja ou de legumes, para evitar possíveis contágios da doença, que causou 29 mortes na Alemanha e uma na Suécia.

O diário ressalta, com base em fontes governamentais, que as autoridades alemãs consideram que são cada vez mais fortes os indícios que relacionam o surto da cepa agressiva de "E. coli" com um produtor de sementes germinadas do estado da Baixa Saxônia.

As suspeitas recaem sobre uma fazenda de cultivo biológico na localidade de Bienenbüttel, no distrito de Uelzen, na qual vários de seus funcionários contraíram a doença há várias semanas.

No entanto, as análises realizadas nessa empresa tiveram resultados negativos, embora não se descarte que o foco infeccioso tenha desaparecido após seu surto inicial sem deixar rastro.

    Leia tudo sobre: e.colisurtobactériaalemanhasaúde

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG