Alemanha segue contra aprovação de ajuda à Grécia

Berlim, 21 mar (EFE).- A chanceler alemã, Angela Merkel, continua contra a aprovação de um mecanismo de ajuda financeira para socorrer a Grécia, apesar da insistência de outros membros da União Europeia (UE) e do presidente da Comissão Europeia (órgão executivo da UE), o português José Manuel Durão Barroso.

EFE |

Em entrevista à rádio "Deutschlandfunk", Merkel ressaltou que, neste momento, a Grécia não está ameaçada pela insolvência e que o primeiro-ministro grego, Yorgos Papandreu, garantiu-lhe várias vezes que não quer dinheiro da UE.

Por esse motivo, ressaltou a chanceler, a questão da ajuda não foi incluída na agenda de trabalho da reunião que autoridades do bloco terão esta semana.

A chanceler frisou que seria um erro lançar o mercado a mensagem incorreta de que, na próxima quinta-feira, serão tomadas medidas concretas.

Sobre a reunião realizada na semana passada pelos ministros de Finanças dos países da zona do euro, na qual foram abordados os mecanismos de ajuda, Merkel ressaltou que nenhuma decisão foi tomada e que o Conselho Europeu fará o mesmo.

A situação, no entanto, não impede que possibilidades sejam estudadas caso a Grécia corra algum risco de ficar insolvente, hipótese que não pode ser descartada, destacou a chanceler alemã.

EFE ih/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG