traidores de guerra condenados pelos nazistas - Mundo - iG" /

Alemanha reabilita traidores de guerra condenados pelos nazistas

Setenta anos depois do início da Segunda Guerra Mundial, o Parlamento alemão adotará na terça-feira uma lei que reabilita aqueles que foram condenados durante o Nazismo como traidores de guerra.

AFP |

O projeto de lei, apoiado pelos cinco partidos representados no Parlamento Federal alemão, marca o fim de décadas de esforços das vítimas e de suas famílias.

Os tribunais militares nazistas pronunciaram cerca de 30.000 condenações à morte por deserção ou traição em tempos de guerra, e por volta de 20.000 pessoas foram executadas, segundo os historiadores. Cerca de 100.000 pessoas foram condenadas à prisão.

Essas sentenças foram pronunciadas em casos de deserção, de atos de resistência ao regime, de ajuda aos judeus, e, inclusive, de simples comentários críticos relacionados aos nazistas feitos particularmente e delatados às autoridades.

Em 2002, o Parlamento revogou todas as penas pronunciadas contra os desertores, mas não aquelas contra os "traidores de guerra".

Várias tentativas já haviam sido feitas para que o Parlamento adotasse uma legislação que anulasse essas condenações.

Os conservadores defenderam uma revisão "caso por caso", em vez da adoção de uma anistia geral para determinar quais sentenças eram "legítimas".

Mas para os defensores de uma reabilitação plena, as leis militares eram, em alguns casos, tão imprecisas que estavam abertas a todas as interpretações.

Alguns dias após a comemoração solene na Polônia do início da Segunda Guerra Mundial, no dia 1º de setembro de 1939, os deputados estão dispostos a virar página.

Uma campanha também está em curso na Áustria para reabilitar os entre 1.200 e 1.400 austríacos desertores condenados à morte pelos nazistas e conseguir aprovar a construção de um monumento de homenagem, como o inaugurado na terça-feira em Colônia (oeste da Alemanha).

dlc-fc-fjb/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG