Alemanha quer fazer de casamento forçado um crime com até 5 anos de prisão

No país, o casamento forçado é considerado típico de outros círculos culturais

EFE |

O governo alemão prepara um projeto de lei para qualificar como delito penal, com uma pena de até cinco anos de prisão, o casamento forçado, segundo informações publicada pela revista "Focus", em sua edição da próxima semana.

Na Alemanha, o casamento forçado é considerado típico de outros círculos culturais e, especialmente, da cultura dos países islâmicos.

Até agora, uma pessoa que força a outra a casar-se só pode ser julgada por coação.

Além disso, o Governo cogita aumentar o tempo necessário para que os cônjuges de pessoas residentes na Alemanha recebam uma permissão de residência independente da de seu marido ou esposa.

Até agora, uma permissão de residência independente é recebida após dois anos. No futuro, o documento não seria emitido antes de três anos.

    Leia tudo sobre: alemanhacasamento forçado

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG